sábado, 12 de março de 2011

Os Príncipes da Irlanda (DL 2011)

O tema do mês de março no Desafio Literário são as "Obras Épicas", daí com a providencial ajuda da lista de sugestões o primeiro livro que eu escolhi fala sobre o povo irlandês.

Os Príncipes da Irlanda - A Saga de Dublin (Edward Rutherfurd)

Sinopse: Do aclamado autor de Londres, OS PRÍNCIPES DA IRLANDA é mais um magnífico épico repleto de amores, batalhas, família e intrigas políticas. Costurando pesquisa histórica e uma incrível capacidade de contar boas histórias, Edward Rutherfurd captura com delicadeza e inteligência a essência do povo irlandês ao longo de onze séculos.



A trama de "Os Príncipes da Irlanda - A Saga de Dublin" começa no ano 430 com a história do principe Conall que, achando-se culpado pelos anos de destruição da colheita que supriria o reino de seu tio - o rei supremo -, decidiu se sacrificar.

A história continua com o filho de Conall e sua esposa Deirdre: Morna e como ele tornou-se chefe de sua tribo. E também, como o cristianismo começou a tomar lugar dos cultos celtas. Em seguida, as histórias de alguns descendentes de Morna como Osgar, Gilpatrick e Maurice se mesclam com a de outros personagens como Harold, Peter e Doyle, tornando o livro cada vez mais atraente.

Em "Os Principes da Irlanda" podemos conhecer um pouco da história do povo irlandês, suas guerras e costumes, além de apreciar o surgimento da cidade de Dublin, pois o autor consegue mesclar fatos históricos e acontecimentos verídicos com passagens que poderiam muito bem ter acontecido (se é que não aconteceram...).

Meu único senão é com as, às vezes intermináveis, descrições dos lugares, paisagens e acontecimentos gerais. Houve momentos em que cheguei a pensar de desistir do livro ou pular alguns parágrafos. Mas não me arrependi por não ter feito isso pois, teria perdido uma boa história.


7 comentários:

Nikelen disse...

Eu sou uma boa leitora, mas estou admirando a sua determinação e disciplinas. Parabéns!

Lully's disse...

Nossa eu também escolhi esse livro kkk
Mas estou com uma preguiça de ler.
Até pensei em desistir, mas depois de ler sua resenha me animei :)

ótima resenha, beijos ;)

Priscila Louredo disse...

Nika, determinação é meu nome do meio! Kkkkkkk.

Lullys, que bom que te animei. Quando terminar de ler, vamos ver se as nossas impressões serão parecidas? Vou aguardar.

Bjks

apenasumavez disse...

Adorei a dica. Sobretudo porque tenho uma grande queda pela cultura e povo irlandês.

Acho que quanto ao excess na descrição de cenas, locais, isso é quase uma marca registrada das principais e maiores obras épicas.

Ótima dica!

beijos e boa leitura para o próximo mês de Desafio!

Sandra
http://apenasumavez.wordpress.com

Vivi disse...

Sagas épicas são bem descritivas, mesmo. Tenho para mim que é esse O desafio do DL. Bjs

Priscila Louredo disse...

Oi Vivi e Sandra, pois é, as descrições intermináveis foram bem cansativas. Mas eu não acho que as sagas épicas TENHAM que ser assim.

Bjks

Mi Müller disse...

Báh eu adoro épicos que tenham alguma relação com a Irlanda, então esse me chamou atenção só pelo nome, e com a tua resenha fiquei com ainda mais vontade de ler. Adorei a resenha, até porque descobri que teu nome do meio é determinação, igual ao meu :)
estrelinhas coloridas...

Postar um comentário